EXPOSIÇÃO “ORGULHO BAIRRISTA”

Duas lentes abrem o olhar do espectador para uma paixão a nu – a marcha.

 

O projeto de Andy Dyo e Iñigo Sánchez debruça-se sobre o orgulho individual e coletivo dos marchantes da Mouraria, através do retrato fotográfico e da história oral em vídeo.

“Orgulho bairrista” pretende compreender de que forma os jovens marchantes da Mouraria constroem, sentem e mobilizam o sentimento de orgulho ao representar o seu bairro durante a competição das marchas populares.

No âmbito deste projeto, o sentimento de orgulho tem uma dupla valência. Por um lado, trata-se de um sentimento que se constrói de forma coletiva e partilhada através da própria participação e envolvimento na marcha. O orgulho de ser da Mouraria toma corpo no conjunto de elementos formais de que as marchas se foram dotando (coreografia, figurinos, canções, arcos, etc.) e que funciona como repertório específico da matriz cultural da população deste bairro histórico de Lisboa. Por outro lado, enquanto manifestação do amor próprio, o orgulho constitui uma forma expressiva da individualidade. O contexto coletivo de ação da marcha, ao invés de dissipar estes sentimentos de nobreza e dignidade individual, permite e promove a sua expressão.

 

O resultado deste projeto desenvolvido ao longo do ano de 2015 e agora acolhido pela Junta de Freguesia de Santa Maria Maior na sua Galeria, é uma série de 16 retratos fotográficos e a recolha de histórias de vida dos participantes.


Galerias da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior
Rua da Madalena, 147

 

Patente até 22 de março

Segunda a sexta-feira
14h00 – 18h00 (entrada gratuita)

___________________________

 

Conceito: Iñigo Sánchez e Andy Dyo
Fotografia: Andy Dyo
Textos: Iñigo Sánchez

Participantes: Fernanda Neves, Cátia Pereira, André Sousa, Cátia Nunes, Victor Hugo Sousa, Suse João, Nelson Filipe Alves, Paulo Condeço, Tiago dos Santos, Gil Mendes, Patricia Braz, Pedro Oliveira, Sofia Ferreira, André Felipe, Jéssica Duarte, Tânia Correia e Andreia Fernandes.

Parceiros: Junta de Freguesia de Santa Maria Maior e Grupo Desportivo da Mouraria

Apoios: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (Universidade Nova de Lisboa), Instituto de Etnomusicologia Centro de Estudos em Música e Dança (INET-md).

A exposição realiza-se no âmbito do projeto financiado pela FCT “Sounds of Tourism”, que visa estudar o impacto da turistificação nos ambientes sonoros e as práticas expressivas do centro histórico de Lisboa.

 

Website oficial

Evento