CULTURA

Na Cultura são criados, promovidos e/ou apoiados diversos projetos na freguesia, sejam projetos de autoria própria, sejam parcerias com o tecido associativo, forças culturais do território e artistas emergentes ou já consagrados.

Numa freguesia com realidades tão culturais e características de cada território, entre a modernidade do Chiado e a tradição de Alfama e Mouraria castiças, passando pela Baixa e subindo ao Castelo

 

 

Exposições

 

Galeria de Santa Maria Maior

A Galeria de Santa Maria Maior está situada no edifício-sede da Junta de Freguesia e tem sido dinamizada desde 2016, com diferentes exposições, em parceria com artistas e/ou entidades culturais.

Acesso: Rua da Madalena, 147 / Rua dos Fanqueiros, 170-178 (elevador 3B)
(Re)veja as exposições na Galeria Virtual - Galeria de Santa Maria Maior

 

Ciclo de Exposições do Átrio

O átrio do edifício-sede da Junta de Freguesia tem sido palco de exposições de diferentes autores e em diferentes áreas: fotografia, pintura, azulejaria, figurinos e outros. É um espaço que recebe exposições da Universidade Sénior de Santa Maria Maior e que dá espaço a artistas emergentes.

(Re)veja as exposições na Galeria Virtual - Exposições do Átrio

 

 

Cultura na Rua

 

Festival de Coros

O Festival de Coros de Santa Maria Maior teve a primeira edição em junho de 2018, no Largo de São Domingos. No ano seguinte, passou para as Ruínas do Carmo. Conta com a participação de diferentes coros de todo o país e do Coro Saber Maior, da Universidade Sénior de Santa Maria Maior.

 

Festival de Folclore

Festival de Folclore de Santa Maria Maior em parceria com a Casa do Concelho de Arcos de Valdevez, com ranchos e desfile etnográfico.

 

Marchas na Rua

O apoio às coletividades que apresentam as Marchas Populares fomenta o cumprimento das tradições dos bairros da freguesia, com marchas verdadeiramente marcantes na história das Marchas de Lisboa.

A Junta de Freguesia promove o evento Marchas na Rua, em que as marchas da freguesia percorrem algumas das principais artérias do território. Em 2019, pela primeira vez, a Junta de Freguesia agregou todas as marchas do território numa única data, no Campo das Cebolas.

 

Zumba na Rua

Todas as quintas-feiras do mês de julho são dia de Zumba na Rua, com aulas abertas à população, realizadas em diferentes pontos da freguesia. Parceria com o Ginásio Clube Português.

 

Ópera na Rua

Levar a Ópera ao território do Fado tem sido o grande objetivo deste projeto em parceria com a Ópera no Castelo.

 

Festival de Artistas e Músicos de Rua

Evento desenvolvido em 2015, em parceria com a TSF, onde os músicos e artistas de rua tiveram a oportunidade de subir ao palco, na Praça da Figueira.

 

 

O Fado

 

Grande Noite do Fado

A Grande Noite de Fado de Santa Maria Maior é o maior evento de Fado na freguesia e já faz parte da agenda da cidade. Dezenas de fadistas concorrem nas eliminatórias (acolhidas pelas coletividades) que antecedem a Gala Final.

A Gala Final da Grande Noite do Fado já aconteceu no Coliseu dos Recreios e no Teatro Municipal São Luiz.

 

Visitas Cantadas

Sessões de fado itinerantes em becos, largos e praças em Alfama, no Castelo e Mouraria, em parceria com o Museu do Fado.

 

Fado Solidário

Na primeira fase, foi realizado no Teatro São Luiz, um espetáculo de fado que teve como objectivo reforçar o projeto alimentar da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, a Mesa dos Afetos. Para tal, a entrada fez-se mediante a entrega de bens alimentares não perecíveis.

Nos anos que se seguiram, o Fado Solidário foi uma iniciativa realizada em diferentes eventos, nas coletividades da freguesia, em parceria com a Junta.

 

Tributo a Fernando Maurício

Evento que assinala a data da morte do "Rei do Fado", dividido em dois momentos:

Homenagem junto ao busto, na Rua da Guia, com fados mauricianos;

Tarde de fados na Rua da Mouraria, com cerca de 30 fadistas em cada edição, em parceria com o Grupo Desportivo da Mouraria, Escola de Fado do Mouraria e apoio da Rádio Amália e Popular FM.

 

Fado no Adro

O Fado no Adro aconteceu no adro de uma das mais emblemáticas igrejas da freguesia, a Igreja de Santo Estêvão, com uma fabulosa vista sobre o Tejo.

 

 

Arte ao espaço público

 

Alma de Alfama

“Alma de Alfama” é uma homenagem aos mais emblemáticos moradores do bairro de Alfama. É um conjunto, já em duas edições, de fotografia gravada em pedra, no espaço público.

Por Camilla Watson/Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

 

Canto de Sol

“Canto de Sol” é um painel de azulejo na Rua dos Lagares (Mouraria) que presta homenagem aos icónicos moradores desta zona da freguesia.

Por Camilla Watson/Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

 

Murais de Arte Urbana

"História de Lisboa" - Escadinhas de Santa Helena, junto ao miradouro das Portas do Sol

"Filigrana" - Largo de São Carlos, junto ao Museu da Filigrana

"Cavaleiros da Posta Real", Travessa da Mata ao Correio Velho

Por Nuno Saraiva/Junta de Freguesia de Santa Maria Maior.

Co-autor do "Bem Formosa Praça" na Rua do Benformoso e do "Fado Vadio" nas Escadinhas de São Cristóvão

 

Paratissima Lisboa

Paratissima Lisboa foi um evento comunitário, internacional, inclusivo, democrático e participativo de arte contemporânea no espaço público, que teve lugar pela primeira vez em Portugal entre 20 e 24 de julho de 2016, num percurso de 2,5km entre Alfama e a Mouraria. Contemplou trabalhos de artistas amadores nas áreas de design, moda, fotografia, plástica, vídeo e pintura/desenho.